logo

BrazilHealth
Fazer login
Home  >  Videos e artigos  >  Por que eu deveria procurar um Médico do Esporte?
Por que eu deveria procurar um Médico do Esporte?

Dr. Gustavo Magliocca, Medicina do Esporte
Publicado em 08/08/2017 - Atualizado em 21/08/2017


 

 

1) Se você é um Esportista e procura melhorar sua Performance

A melhora da Performance depende diretamente do controle de algumas variáveis fisiológicas relacionadas ao Treinamento. O médico do esporte tem como função avaliar e gerenciar tais variáveis, interagindo com seu treinador a fim de possibilitar o máximo do seu potencial. Exames de sangue, de esteira e físicos podem auxiliar muito no controle das sessões de treinamento, além de trazer a segurança necessária para que você supere seus limites. Ao contrário dos que muitas pessoas pensam, cuidar de atletas não é só estar de olho nas lesões inerentes à prática, muito menos administrar hormônios capazes de potencializar a performance e, concomitantemente, prejudicar a saúde do atleta. O médico do esporte ocupa um papel importante na relação entre atleta, treinador e equipe multidisciplinar funcionando como um grande gerente da saúde e performance do atleta.

 

2) Se você é um Praticante de Atividade Física buscando a melhora da sua composição corporal

A corrida por gominhos na barriga e corpos esculturais esta declarada nas mídias sociais atingindo diferentes tipos de pessoas. Diariamente nos deparamos com dietas milagrosas e treinos que possibilitam o m´cimo resultado com o menor dos esforços. o médico do esporte tem função importante não só de ser um profissional capaz de discutir o embasamento científico e a segurança destas propostas de modismo, como avaliar o efeito que determinado treino e/ou dieta estão provocando no paciente.

 

3) Se você esta iniciando um Programa de Atividade Física a fim de melhorar sua saúde

Que a atividade física é capaz de trazer inúmeros benefícios a saúde isso todos já sabem e esta mais que comprovado pela ciência, porém a grande dúvida das pessoas é qual atividade fazer e quais os benefícios específicos de cada diferente atividade. O médico do esporte pode auxiliar junto ao treinador físico na organização da rotina de treinamentos tal como no controle das respostas que o organismo vai tendo a cada ajuste desta rotina. Importante que antes de começar a fazer uma atividade, o paciente entenda como esta atividade pode lhe ajudar em busca da melhora de parâmetros de saúde. 

 

4) Se você não faz nenhuma atividade mas entende ser importante

Ou fruto de uma rotina atarefada ou por mero teimosismo, existem aqueles que fogem quando o assunto é a Prática Regular de Atividade Física. O médico do esporte pode auxiliar bastante estes pacientes mostrando não só o lado negativo do Sedentarismo, mas principalmente, mostrando o lado positivo de se fazer exercícios. Se esperarmos que uma sessão de exercício seja prazerosamente deste seu início não conseguiremos convencer ninguém a incorporar isso em sua rotina, mas se mostrarmos que apesar do desconforto, da preguiça, a soma das sessões de treinos ao longo das semanas podem ajudar bastante na melhora da qualidade de vida do paciente

 

Em resumo, todo mundo deveria ao menos uma vez no ano procurar seu médico do esporte para discutir aspectos relacionados a prática de atividade física e sua saúde. Procure sempre profissionais com o título de especialista pela Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte (SBMEE); o Exercício - independente do seu objetivo - é parte fundamental para uma vida mais saudável e longeva .

BrazilHealth
Tênis: Como prevenir lesões e melhorar seu jogo - Prof. Eduardo Faria
O tênis é um esportes fascinante também mas pode causar muitas lesões. Convidamos o preparador físic...

19 de Fevereiro - Dia do Esportista - Redação
A data tem como objetivo incentivar, conscientizar e homenagear a prática do esporte, como meio de d...

Exagerou no Carnaval? Detox: Dicas e Receitas - Redação
Após o consumo exagerado de comidas e bebidas, nosso corpo pede uma boa limpeza Veja nossas dicas e ...

Álcool e idade: uma combinação arriscada - Harvard Medical School
É comum as pessoas beberem menos à medida que envelhecem. Mas aqueles que bebem muito ao longo da vi...

Carnaval: época pede atenção às doenças ISTs - Dr. Helio Magarinos Torres Filho
Carnaval está aí e promete muita folia! Porém, com o misto de alegria e ansiedade, muitos esquecem d...

Pílula anticoncepcional faz mal? Conheça os riscos - Dr. Breno Caiafa e Dr. Marcos Arêas
Afinal, a pílula anticoncepcional faz mal? Os Drs. Breno Caiafa e Marcos Arêas explicam os possíveis...

As primeiras etapas do vício em nicotina - Universidade de Johns Hopkins
Uma pesquisa da Universidade de Johns Hopkins fala sobre as primeiras etapas do vício em nicotina. A...

BrazilHealth