logo
BrazilHealth
Fazer login
Home  >  Videos e artigos  >  Você está preparado para correr?
Você está preparado para correr?

Wilson Mello, Ortopedia e Traumatologia
Publicado em 13/06/2017 - Atualizado em 19/04/2019



Como é a modalidade que mais cresceu no Brasil na ultima década - de cinco anos para cá, o número de corredores de rua aumentou 50% em todo o País -, é natural que as lesões associadas à corrida também começassem a preocupar médicos ortopedistas e fisioterapeutas que lidam com essa nova realidade.

Tendinites, fraturas por estresse, periostites, síndrome do trato iliotibial, fascite plantar e lombalgias são algumas das lesões comuns em corredores. Estudos demonstram que 30 a 70% deles sofrerão alguma alteração musculoesquelética durante o período de um ano. Estas lesões, em sua maioria, têm como causa fatores anatômicos, alterações biomecânicas da corrida e, por incrível que pareça, calçados inadequados.

Mas atualmente existe uma ferramenta importante para auxiliar os corredores tanto na prevenção de lesões quanto na melhora da performance esportiva. É a Avaliação Cinético-Cinemática da Corrida, que analisa a condição muscular e o movimento durante a corrida.

A Avaliação Cinético-Cinemática do Corredor detecta qualquer alteração no movimento e na biomecânica da corrida, inclusive auxiliando na reabilitação de alterações musculoesqueléticas relacionadas ao esporte. Se for constatada alguma alteração durante a avaliação, o corredor deve ser orientado no sentido de prevenir lesões, potencializar seu rendimento e, se for o caso, escolher a prática esportiva mais correta para seu biotipo.

Essa avaliação completa deve compreender os seguintes procedimentos: histórico do atleta; avaliação da flexibilidade; análise da pisada realizada através da baropodometria computadorizada; análise cinemática 2D das articulações do pé, tornozelo, joelho, quadril e coluna durante a corrida detectados por sensores altamente sensíveis; avaliação do desempenho muscular através da dinamometria isocinética computadorizada; e análise da força e da resistência muscular do complexo core.

Sabemos que o aumento do número de provas exige um bom preparo do corredor, e essa preparação deve começar com a avaliação. Só assim será possível praticar o esporte com segurança e prazer.

Deixe um comentário
Foto
Comentários
BrazilHealth
Mais Lidos
Corte no dedo: O que fazer? - Prof. Dr. Alvaro Cho
O corte no dedo é um dos principais acidentes domésticos do dia-a-dia. Os cortes ocorrem nas mais va...

O PSA após a cirurgia ou a Radioterapia - Dr. Fernando Maluf
Você sabe qual é o valor do PSA que indica a volta do tumor após a cirurgia? Será que o PSA associad...

Substituição da Válvula Mitral e Aórtica - Dr. Jose Armando Mangione
A cirurgia para a substituição da válvula aórtica é um procedimento que vem ganhando cada vez mais e...

11 alimentos que reduzem o colesterol - Harvard Medical School
Recentemente cardiologistas brasileiros estabeleceram valores mais rígidos de colesterol ruim. Conhe...


Relacionados
Relação entre atividade Física e a Osteoporose - Mauro Vaisberg
Para fechar a semana da Osteoporose, convidamos o reumatologista Dr. Mauro Vaisberg a explicar a imp...

Compartilhar maquiagem pode causar doenças? - Dra. Rosana Richtmann
A médica Rosana Richtmann, infectologista do Hospital Emílio Ribas, responde: “Os casos são raríssim...

10 dicas para prevenir a Osteoporose - Dr. Fernando Neubarth
Hoje se comemora o Dia Mundial de Luta contra a Osteoporose. Convidamos o renomado reumatologista Dr...

Cuidados para a pele no inverno - Dra. Adriana Vilarinho
Conheça algumas recomendações para ficar com a pele bonita e saudável durante o inverno.

BrazilHealth