logo
BrazilHealth
Fazer login
Home  >  Videos e artigos  >  Quando sua Tireoide vai Mal
Quando sua Tireoide vai Mal

Dr. Filippo Pedrinola, Endocrinologia e Metabologia
Publicado em 25/05/2017 - Atualizado em 19/12/2018



 

 

 

 

Sente-se confuso, engordando, arrepios de frio, queda de cabelo? Ou o oposto é verdadeiro para você: Está acelerado, suando muito ou ansioso? Sua tireoide pode ser a culpada. Essa pequena grande glândula que regula o corpo e a mente pode estar mal, mas frequentemente em mulheres. Buscar o tratamento adequado é crucial para voltar a se sentir bem e evitar sérios problemas de saúde.


O que é glândula tireoide? É uma glândula em forma de borboleta que fica na região do pescoço e produz os hormônios T3 e T4 que controlam a velocidade do seu metabolismo – o sistema que ajuda o corpo a queimar energia e se manter em bom funcionamento. As doenças da tireoide podem aumentar ou diminuir seu metabolismo devido a alterações na produção de seus hormônios, levando a uma ampla variedade de sintomas. Ganho de peso inexplicável pode ser um sinal, indicando baixa produção do T3 e T4, condição conhecida como hipotireoidismo. Em contraste, se a tireóide passa a produzir excesso de hormônios você pode ter perda de peso inexplicável, condição conhecida como hipertireoidismo. O hipo é muito mais comum. Aumento do volume do pescoço, condição conhecida como bócio, pode indicar que algo vai mal com a tireoide, podendo estar associado a hiper, hipo, nódulos  ou câncer de tireoide ou uma condição mais rara hoje em dia que é o bócio por carência de ingestão de iodo. Com a lei de obrigatoriedade de iodação no sal praticamente não vemos mais. Existem receptores para os hormônios T3 e T4 em todas as células do nosso corpo, mudanças no ritmo cardíaco pode acontecer tanto no hipo quanto no hipertireoidismo, além de ter notável impacto em seu nível de energia e humor. Hipotoreoidismo tende a deixar as pessoas mais cansadas, lentas e deprimidas. Já o hiper pode causar ansiedade, insônia e irritabilidade. Queda de cabelo é outro sinal de que sua tireoide pode estar desequilibrada, assim como pele seca e unhas quebradiças, tremores nas mãos, constipação ou diarreia e alterações no ciclo menstrual que pode ser confundido como climatério ou menopausa.

A causa mais comum de hipotireoidismo é a tireoidite de Hashimoto, doença auto-imune que frequentemente tem história familiar. Já a causa mais comum de hipertireoidismo é a doença de Graves, também auto-imune e que pode causar protusão dos globos oculares.

E o câncer de tireoide? O principal sintoma é o aparecimento  de nódulo no pescoço, porem, só 5% dos nódulos na tireoide são cancerígenos. O tratamento é cirúrgico, seguido ou não de radioiodoterapia.

Se você tem qualquer desses sinais e sintomas descritos nesse texto, procure um medico clínico ou endocrinologista para que ele solicite os exames de sangue adequados e peça ultrassonografia quando necessário.

 

 

Deixe um comentário
Foto
Comentários
BrazilHealth
Mais Lidos
Corte no dedo: O que fazer? - Prof. Dr. Alvaro Cho
O corte no dedo é um dos principais acidentes domésticos do dia-a-dia. Os cortes ocorrem nas mais va...

O PSA após a cirurgia ou a Radioterapia - Dr. Fernando Maluf
Você sabe qual é o valor do PSA que indica a volta do tumor após a cirurgia? Será que o PSA associad...

O que é Medicina Integrativa? - Editorial
Na contramão da medicina tradicional e ortodoxa, terapias alternativas estão ganhando cada vez mais ...

Diferença entre limpar e umidificar o nariz. - Dr. Paulo Mendes Jr
Você sabe a diferença entre limpar, umidificar e aliviar o nariz? Especialista explica qual o melhor...


Relacionados
Intolerância à Lactose na Infância - Priscila Maximino
Apesar de não ser muito comum, alguns bebês podem apresentar intolerância à lactose. Veja o que faze...

Práticas Esportivas nas Férias - Dr. Yuri Galeno
Recesso escolar e verão são palavras que combinam com práticas esportivas. Confira essas dicas antes...

A busca por um sorriso perfeito - Dr. Cláudio Pinho
Conheças as técnicas mais modernas para atingir um sorriso perfeito!

Exercício é remédio - Mas qual é a dose certa? - Dra. Luciana Janot
Qual é a dose recomendada para para obtenção dos inúmeros benefícios causados pela atividade física...

BrazilHealth