logo
BrazilHealth
Fazer login
Home  >  Videos e artigos  >  Diferença entre limpar e umidificar o nariz.
Diferença entre limpar e umidificar o nariz.

Dr. Paulo Mendes Jr, Otorrinolaringologia
Publicado em 21/05/2018 - Atualizado em 19/04/2019



É unânime entre os médicos os benefícios que a lavagem nasal com soluções salinas – normais ou hipertônicas – promovem para o nariz. O processo feito diariamente fluidifica a mucosa nasal, ajuda na eliminação de impurezas e ainda previne alergias e trata sintomas de gripes e resfriados.

Mas qual a maneira correta de realizar a higienização?

Você sabia que existem embalagens e concentrações do medicamento que podem auxiliar em situações especificas? O médico Paulo Mendes Jr, otorrinolaringologista do Centro da Rinite do Hospital IPO - Curitiba/PR  explica detalhadamente qual a melhor apresentação pra você, já que lavar o nariz é uma tarefa simples, mas nem sempre os produtos tem a mesma finalidade. Entenda:

Limpeza proporciona higiene nasal completa e prolongada de eventuais agentes presos nas paredes da cavidade nasal e vias respiratórias. Geralmente é realizada em casa pode ser feita com um descongestionante nasal que não contenha vasoconstritor. 

Umidificar a mucosa nasal, melhorar a respiração e prevenir a formação de crostas, a qualquer hora e lugar. A medida contribui para manter o nariz limpo, auxiliando na prevenção de alergias, gripes e resfriados. Produtos com spray infantil e adulto 0,9%.

Já para Aliviar os sintomas de obstrução de forma rápida, causadas por após crises de gripes mais severas, sinusites e rinites e pós-operatório nasais, deve-se utilizar uma versão concentrada spray 3%.

“Tão importante quanto saber a quantidade de vezes que lavamos nosso nariz, é entender a indicação de qual produto nos atende melhor naquele momento. O sistema respiratório quando está em processo inflamatório, como em alergias ou infecções, tem os vasos sanguíneos do nariz dilatados e aumentam sua permeabilidade, iniciando a produção da secreção mais conhecida como coriza. Outro sintoma que surge quando o corpo identifica a presença de agentes externos no nariz, que podem chegar ao pulmão, é a obstrução nasal. Esses indícios parecem inofensivos, mas podem causar desde dificuldade de respirar aos distúrbios no sono, por isso, é importante prevenir que esta situação aconteça, limpando diariamente as cavidades nasais; mantendo–a umidificada durante o dia e aliviando os sintomas mais incômodos quando necessário”, explica o especialista. 

A higienização nasal ainda é recomendada para prevenir episódios de resfriados, sinusite e rinite, já que a limpeza elimina as impurezas retidas na cavidade nasal e diminui consideravelmente as chances de sofrer com infecções respiratórias.

Deixe um comentário
Foto
Comentários
BrazilHealth
Mais Lidos
Corte no dedo: O que fazer? - Prof. Dr. Alvaro Cho
O corte no dedo é um dos principais acidentes domésticos do dia-a-dia. Os cortes ocorrem nas mais va...

O PSA após a cirurgia ou a Radioterapia - Dr. Fernando Maluf
Você sabe qual é o valor do PSA que indica a volta do tumor após a cirurgia? Será que o PSA associad...

Substituição da Válvula Mitral e Aórtica - Dr. Jose Armando Mangione
A cirurgia para a substituição da válvula aórtica é um procedimento que vem ganhando cada vez mais e...

11 alimentos que reduzem o colesterol - Harvard Medical School
Recentemente cardiologistas brasileiros estabeleceram valores mais rígidos de colesterol ruim. Conhe...


Relacionados
Intolerância à Lactose na Infância - Priscila Maximino
Apesar de não ser muito comum, alguns bebês podem apresentar intolerância à lactose. Veja o que faze...

Obesidade - Introdução - Dr. Fábio R. Trujilho
Na semana em que se celebra o Dia Nacional de Prevenção à Obesidade, convidamos o Presidente da Soci...

Dicas saudáveis para cada etapa de vida - Dra. Daniela Teixeira
No Dia Nacional da Saúde Bucal, a dentista Daniela Teixeira mostrará hábitos saudáveis para a saúde ...

Micose no verão: Cuidados para evita-lo - Dr. Murilo Drummond
O verão é a estação preferida de muitos brasileiros. Mas, o clima quente e chuvoso também é extremam...

BrazilHealth