logo
BrazilHealth
Fazer login
Home  >  Videos e artigos  >  Você tem tido problemas de memória?
Você tem tido problemas de memória?

Harvard Medical School, Neurologia
Publicado em 26/01/2018 - Atualizado em 28/05/2018



Seus hábitos e estilo de vida - o que você come e bebe, se você se exercita, se está estressado, etc - afetam sua saúde mental tanto quanto sua saúde física. Um grande e extenso grupo de estudos concluiu que o exercício regular e uma dieta saudável podem ajudar a proteger sua memória do declínio relacionado ao envelhecimento.

Exercício

A aptidão física e a aptidão mental andam juntas. As pessoas que se exercitam regularmente tendem a permanecer mentalmente saudáveis em seus anos 70, 80 e mais. Embora a "dose" precisa de exercício não seja conhecida, pesquisas sugerem que o exercício deve ser moderado a vigoroso e regular. Exemplos de exercícios moderados incluem caminhadas rápidas, bicicleta ergométrica, hidroginástica e até ping pong. Atividades vigorosas incluem jogging, dança aeróbica de alto impacto, dança de salão e tênis.

O exercício ajuda a manter memória de várias maneiras. Isso reduz o risco de desenvolver várias condições de perda de memória, como pressão alta, diabetes e acidente vascular cerebral. O exercício faz bem para os pulmões, e as pessoas que têm boa função pulmonar enviam mais oxigênio para o cérebro. Há algumas evidências de que o exercício ajuda a construir novas conexões entre células cerebrais e melhora a comunicação entre elas. Assim, o exercício tem sido associado ao aumento da produção de neurotrofinas, substâncias que alimentam células cerebrais e ajudam a protegê-las contra danos causados por AVC e outras lesões.

Aqui estão algumas maneiras de desenvolver atividade física em sua rotina diária:

-Caminhe ao invéz de dirigir, quando possível.

-Reserve diariamente um tempo para se exercitar. Para uma motivação extra, convite seu companheiro(a) ou amigo(a) para se juntar a você.

-Use as escadas em vez do elevador.

-Plante um jardim e cuide com carinho.

-Faça uma aula de ginástica em grupo ou se inscreva em um clube.

-Se tiver acesso a uma piscina ou praia, tente nadar regularmente.

-Aprenda um esporte que exige um esforço físico modesto, como o tênis.

Dieta Mediterrânea

As dietas do tipo mediterrâneo destacam grãos integrais, frutas, vegetais e gorduras saudáveis de peixes, nozes e óleos saudáveis. Este estilo de alimentação ajuda a promover a saúde do coração e também pode diminuir o risco de perda de memória mais tarde na vida. Um estudo feito em mais de 2.000 pessoas ao longo de quatro anos mostrou que aqueles que seguiram uma dieta do tipo mediterrâneo apresentaram menor risco de desenvolver a doença de Alzheimer. Um estudo posterior sugeriu que, a dieta do tipo mediterrâneo poder diminuir a conversão do comprometimento cognitivo leve em demência total.

Os tipos de gordura que predominam na dieta também parecem afetar a memória. Como parte da Iniciativa Nacional de Saúde da Mulher, 482 mulheres com idades entre 60 anos e mais velhas foram observadas por três anos. Eles estudaram suas dietas, e os pesquisadores testaram sua memória e habilidades de pensamento no início do estudo e no final. Aqueles que comeram mais gorduras insaturadas (que é abundante em óleos vegetais e peixes gordurosos) e menos gorduras saturadas (de carne vermelha e alimentos lácteos completos) tiveram um declínio significativamente menor na memória do que aqueles que comeram relativamente pouco de gordura insaturada.

Comer várias porções de frutas e legumes também pode proteger a memória. Os alimentos das plantas estão cheios de vitaminas, minerais e outros nutrientes que podem proteger contra a deterioração relacionada à idade em todo o corpo.

Fonte: Harvard Medical School

Deixe um comentário
Foto
Comentários
BrazilHealth
Mais Lidos
Diferença entre limpar e umidificar o nariz. - Dr. Paulo Mendes Jr
Você sabe a diferença entre limpar, umidificar e aliviar o nariz? Especialista explica qual o melhor...

Corte no dedo: O que fazer? - Prof. Dr. Alvaro Cho
O corte no dedo é um dos principais acidentes domésticos do dia-a-dia. Os cortes ocorrem nas mais va...

Marcapasso Cardíaco - Dra. Denise Hachul
Os marcapassos ajudam as pessoas que possuem ritmo cardíaco lento ou irregular a levarem vidas norma...

O que é Medicina Integrativa? - Editorial
Na contramão da medicina tradicional e ortodoxa, terapias alternativas estão ganhando cada vez mais ...


Relacionados
Curiosidades e cuidados com a Língua - Dra. Daniela Teixeira
Você sabia que a língua é o músculo mais flexível do corpo humano e mede cerca de 10cm? Veja essas e...

Desmistificando os Remédios para Obesidade - Dr. Marcio C. Mancini
As opiniões sobre os remédios de emagrecimento se divergem. Muitos são contra, outros dizem que, sem...

Lentes de Contato para os dentes - Dr. Mauro Teixeira
Você já ouviu falar em lente de contato para os dentes? Esse procedimento estético promete dentes br...

Arritmias Cardíacas e suas Possíveis Abordagens - Dra. Denise Hachul
Entenda o que é a arritmia, as causas, os tipos, tratamentos e cirurgias.

BrazilHealth