logo

BrazilHealth
Fazer login
Home  >  Videos e artigos  >  Os Cuidados com a Saúde durante as Chuvas de Verão
Os Cuidados com a Saúde durante as Chuvas de Verão

Dr. Edimilson Migowski, Infectologia
Publicado em 24/01/2018 - Atualizado em 13/02/2018


O verão no Brasil é marcado por fortes chuvas, que podem provocar enchentes, enxurradas, alagamentos, inundação e raios. Nessa época do ano, é preciso redobrar a atenção com algumas doenças. Segundo os médicos, o maior perigo não está no céu, mas no chão, nas águas acumuladas em enchentes.

Quem entra em contato com a água suja das enchentes pode estar vulnerável a doenças como a leptospirose e a hepatite A.

A leptospirose é uma doença infecciosa transmitida por uma bactéria da urina do rato. Quando há uma enchente, a urina se espalha. A única forma de prevenção é não entrar em contato com essa água. Não só a água, mas a lama também pode transmitir a doença.

Ao entrar em contato com os alimentos, a água poluída traz ainda outra ameaça à saúde: a hepatite A. Esse vírus é resistente e pode permanecer na água por muito tempo, inclusive nas praias e lagoas — alertou o infectologista da UFRJ Dr. Edimilson Migowski. Outra forma de transmissão da hepatite A é decorrente falta de higiene adequada após evacuar, quando alguém infectado com o vírus manipula alimentos sem lavar as mãos após usar o banheiro.

Porém, quem acha que só por não ter tido contato com a água está livre de riscos, precisa saber que o mosquito da dengue se prolifera nessas situações e qualquer um pode contrair o vírus. Para prevenir a doença, basta evitar o acúmulo de água limpa e parada em qualquer tipo de reservatório.

Saiba o que fazer

Um dos principais cuidados em época de chuvas fortes é evitar o contato com a água acumulada nas enchentes. Caso seja necessário passar por um local alagado, use botas e luvas para evitar a contaminação principalmente pela bactéria que causa a leptospirose. Na falta desses itens, sacolas plásticas podem ser utilizadas.

Outra dica importante é redobrar a atenção à procedência dos alimentos. Se você não sabe como o produto foi feito, armazenado e manipulado, não arrisque. A água utilizada no processo pode estar contaminada (o que é mais comum quando chove muito), expondo o consumidor ao risco de contrair hepatite A.

Para evitar maiores complicações, o mais recomendável é que depois do contato com a água suja ou ao sentir dores no corpo ou musculares, além de febre, diarréia e vômito, olhos amarelados é buscar um atendimento médico. Automedicação, principalmente no caso de dengue, é contra-indicada.

BrazilHealth
Tênis: Como prevenir lesões e melhorar seu jogo - Prof. Eduardo Faria
O tênis é um esportes fascinante também mas pode causar muitas lesões. Convidamos o preparador físic...

19 de Fevereiro - Dia do Esportista - Redação
A data tem como objetivo incentivar, conscientizar e homenagear a prática do esporte, como meio de d...

Exagerou no Carnaval? Detox: Dicas e Receitas - Redação
Após o consumo exagerado de comidas e bebidas, nosso corpo pede uma boa limpeza Veja nossas dicas e ...

Álcool e idade: uma combinação arriscada - Harvard Medical School
É comum as pessoas beberem menos à medida que envelhecem. Mas aqueles que bebem muito ao longo da vi...

Carnaval: época pede atenção às doenças ISTs - Dr. Helio Magarinos Torres Filho
Carnaval está aí e promete muita folia! Porém, com o misto de alegria e ansiedade, muitos esquecem d...

Pílula anticoncepcional faz mal? Conheça os riscos - Dr. Breno Caiafa e Dr. Marcos Arêas
Afinal, a pílula anticoncepcional faz mal? Os Drs. Breno Caiafa e Marcos Arêas explicam os possíveis...

As primeiras etapas do vício em nicotina - Universidade de Johns Hopkins
Uma pesquisa da Universidade de Johns Hopkins fala sobre as primeiras etapas do vício em nicotina. A...

BrazilHealth