logo
BrazilHealth
Fazer login
Home  >  Videos e artigos  >  Microbiota, intestino e saúde
Microbiota, intestino e saúde

Dr. Filippo Pedrinola, Endocrinologia e Metabologia
Publicado em 04/11/2017 - Atualizado em 21/01/2019



A microbiota intestinal representa a população de microorganismos que habitam o nosso tubo digestivo , também conhecida como flora intestinal. Nossa microbiota é composta por dezenas de trilhões de bactérias , incluindo pelo menos 1000 espécies diferentes com mais de 3 milhões de genes (150 vezes mais do que genes humanos). Esse “ser” dentro do nosso corpo chega a pesar por volta de 2kg. Um terço de nossa microbiota é comum à maioria das pessoas, enquanto que dois terços são específicos de cada indivíduo. Em outras palavras, a microbiota em seu intestino equivale a uma carteira de identidade.

Apesar de cada um de nós possuir uma microbiota única, ela normalmente tem as mesmas funções fisiológicas, com impacto direto sobre nossa saúde.

Algumas das funções da microbiota:

-ajudar a digerir certos alimentos que nem o estômago e nem o intestino delgado foram capazes de digerir.

-ajudar na produção de algumas vitaminas, como B e K.

-produzir aproximadamente 90% de toda serotonina do corpo e por isso ter muito a ver com o nosso humor.

-ajudar a combater agressões de outros microorganismos, mantendo a integridade da mucosa intestinal, evitando excesso de permeabilidade.

-desempenha importante papel no sistema imunológico , promovendo efeito de barreira. Aliás , inacreditáveis 70% de todo o nosso sistema imunológico está no intestino.

-manter uma microbiota equilibrada, em eubiose, assegura boa função digestiva.

Levando em conta todas essas importantes funções que a microbiota promove no funcionamento do corpo e promoção de saúde, atualmente é considerado um “órgão”.

Contudo , é um órgão adquirido já que os bebês nascem estéreis e sua colonização começa a acontecer logo após o nascimento e evolui conforme envelhecemos.

Apesar de nossa microbiota ser capaz de se adaptar a mudanças, pode ocorrer perda do equlíbrio em algumas situações específicas. É a chamada disbiose , situação relacionada a problemas de saúde como alterações intestinais , síndrome do cólon irritável , alergias, obesidade e diabetes.

O que são e qual o papel dos prebióticos e probióticos?

Os prebióticos são fibras solúveis digeridas por enzimas derivadas da microbiota intestinal e transformdas em ácidos graxos de cadeia curta ( AGCC) , butirato, acetato e propionato , que são absorvidos no intestino e  utilizados pelo indivíduo como energia , além de promoverem saciedade e síntese de vitaminas.

Os probióticos são as bactérias “do bem”, principalmente bifidobactéris e lactobacilos que estào presents em produtos fermentados lácteos , como o iogurte , assim como vegetais como o chucrute ou em forma de suplementos em pó ou cápsulas. Inibem a adesão de agentes patógenos na mucosa intestinal , estabilizam a comunidade microbiana (microbiota) e melhoram a integridade da mucosa e sua função de barreira, estimulam a produção de muco , de substâncias antimicrobianas e atuam na modulação da resposta immune.

Os estudos sobre a  microbiota e sua interação com o nosso corpo vem se multiplicando de forma impressionante também em indivíduos com câncer que , além da própria doença , precisam fazer uso de quimioterápicos , analgésicos, antinflamatórios, antibióticos e outros medicamentos que interferem sobremaneira na microbiota normal.

Cuidar bem de nossa microbiota é cuidar da nossa saúde.

Deixe um comentário
Foto
Comentários
BrazilHealth
Mais Lidos
Corte no dedo: O que fazer? - Prof. Dr. Alvaro Cho
O corte no dedo é um dos principais acidentes domésticos do dia-a-dia. Os cortes ocorrem nas mais va...

O PSA após a cirurgia ou a Radioterapia - Dr. Fernando Maluf
Você sabe qual é o valor do PSA que indica a volta do tumor após a cirurgia? Será que o PSA associad...

O que é Medicina Integrativa? - Editorial
Na contramão da medicina tradicional e ortodoxa, terapias alternativas estão ganhando cada vez mais ...

11 alimentos que reduzem o colesterol - Harvard Medical School
Recentemente cardiologistas brasileiros estabeleceram valores mais rígidos de colesterol ruim. Conhe...


Relacionados
Férias escolares - hora de ir ao oftalmologista! - Dr. Galton Carvalho Vasconcelos
Você sabia que 20% das crianças em idade escolar apresentam distúrbios oftalmológicos? Por isso, apr...

Qual é o papel do Coach de Saúde? - Andrea Pedrinola
Você tenta perder peso, ter um estilo de vida saudável em termos de alimentação, atividade física, r...

Osteoporose - Causas, sintomas e tratamento - Prof. Dr. Moisés Cohen
Essa semana falaremos sobre osteoporose. E para abrir essa série, convidamos o ortopedista, Dr. Mois...

Filhos gordinhos: Desafio para os pais! - Dr. Filippo Pedrinola
O crescimento da obesidade infantil vem tomando proporções epidêmicas. De acordo com a OMS, a dieta ...

BrazilHealth